2 minutos de leitura“Viajar é mudar a roupa da alma”

Você já encarou uma viagem daquelas especiais, da qual quem volta não é a mesma pessoa que foi? Já passou por situações difíceis, constrangedoras, engraçadas e descobriu uma parte sua que nem sabia que existia? Esses são alguns dos poderes de uma boa viagem.

Mario Quintana definiu muito bem o que uma boa viagem significa em nossa vida quando disse: “Viajar é mudar a roupa da alma”. Por que será? Viajar não é apenas ser você mesmo em um lugar diferente? Pode até ser, mas quando falamos de uma boa viagem, falamos de mudanças maiores do que apenas a paisagem.

Aterrisar em um novo país, em uma nova cultura, é a oportunidade de começar do zero, como uma página em branco de um novo capítulo. Ao chegar no seu destino, você pode olhar o mundo com olhos de criança pronta para descobrir tudo. Como as pessoas daquele lugar se vestem? O que costumam comer, em quais horários? Como elas encaram o trabalho, com o quê trabalham? E no tempo livre, o que fazem? Como elas se divertem? Do que elas gostam, riem, choram? São pessoas, como nós, mas fazem algumas coisas (ou tudo) de outra forma. E isso é ótimo, pois não existe certo ou errado, existe o que cada um aprendeu e costuma fazer.

Se você vai de cabeça e coração abertos, viajar é a oportunidade de mudar o guarda-roupa inteiro da alma, adquirir roupas novas e tirar todas as velhas. Depois de observar e descobrir aquela outra cultura, você pode se testar. Testar novos hábitos, novos sabores, novos aromas, novas paisagens, novas companhias, novas músicas… Descobrir de que outras coisas você gosta e nem sabia, pois nunca tinha vivido aquilo. Talvez você descubra até que pertence mais àquela cultura do que a sua de origem, por que não? Ou talvez você descubra a origem de muitos dos seus hábitos, mesmo que os lugares sejam em lados opostos do mapa.

E na hora de voltar para casa, como faz? Volta com excesso de bagagem, com certeza. Não só de lembrancinhas, mas de experiências, sensações e emoções novas, um repertório maior, mais possibilidades para reconstruir a sua rotina, na sua casa e no seu trabalho. Uma boa viagem é como uma professora, que nos coloca em outra realidade para testar se estamos vivendo nossa vida com nota dez. E se reprovamos, ela ainda nos oferece inspiração para mudar ou aperfeiçoar o que é preciso.

E aí, você já trocou a roupa da sua alma alguma vez? Se quiser conhecer como a Sonata pode proporcionar essa experiência, confere aqui.

 

No Comments

Post A Comment